Estilos de personalização automotiva

Encontrar carros personalizados nas ruas é bastante comum!

O mundo das personalizações é bem amplo e admite uma variedade muito grande de gostos. Personalizar um carro costuma ser uma ação muito gratificante e pessoal de seu proprietário.

Em contrapartida, a personalização pode gerar diminuição no valor de mercado do carro.

Enfim, dentro do mercado automotivo hoje existem estilos de personalização, você sabia?

Em suma, vez ou outra algum estilo deste entra em moda, assim, vemos mais carros com as personalizações pelas ruas. 

Estilo Tuning

Créditos: Freepik

Estilo que foi mundialmente disseminado pelo filme Velozes e Furiosos. O estilo é conhecido por focar em uma transformação extrema do carro. Com isso, se perde as características originais do veículo.

Ou seja, busca-se um nível de personalização ao extremo. 

Veículos são completamente modificados desde o interior ao exterior e consequentemente o motor.

Logo, o carro torna-se único, totalmente personalizado. 

As modificações não tem limites, sendo assim, é comum ver personalizações no som, afinação do motor, modificação da suspensão, visual externo, interior do carro e até dos pneus.

Nesta modalidade, o uso de luzes neon e rodas coloridas são bem comuns!

Estilo DUB

O estilo DUB é muito visto nos EUA. Os Norte Americanos gostam muito dessa modalidade de personalização. 

Ademais, o estilo DUB é uma forma mais específica de Tuning. Contudo, o DUB foca, principalmente, no uso de rodas gigantes e luxuosas nos carros.

Além disso, a instalação de suspensão a ar é uma das personalizações mais comuns entre os adeptos.

Por fim, o estilo é muito aplicado em carros com aparência discreta e nas cores preta, cinza, branco ou vermelho. Contudo, as rodas gigantescas tomam lugar de atenção nestes carros.

Frequentemente, o estilo é adotado por rappers e jogadores de basquete americanos.

Estilo Street

Créditos: Freepik

Talvez o estilo mais popular no Brasil. Consiste em personalizações estéticas. 

Frequentemente, a primeira transformação realizada é rebaixar o carro. Logo depois, novas rodas são instaladas e um bom som automotivo.

Além disso, algumas partes dos veículos costumam passar por envelopamento. É um estilo voltado para customização focada na estética e sonora.

Portanto, apesar das customizações, o carro é utilizado no dia-a-dia. 

Os adeptos buscam sempre andar com carro sempre baixo.

Estilo JDM

Este estilo já esteve mais em alta no Brasil, porém, atualmente, é mais difícil de ser encontrado. JDM (Japonese Domestic Market), como o próprio nome já diz são personalizações realizadas em modelos usados em veículos do mercado doméstico japonês.

Primeiramente, era muito comum visualizar este tipo de modificação em Honda Civic hatch comercializado no Brasil em meados dos anos 90. 

Em princípio, o estilo busca personalizar carros para extrair o máximo de performance do motor. Já em relação à estética, busca-se preservar a originalidade do veículo, porém, rodas cromadas e suspensão rebaixada são comuns nos veículos deste modo.

Estilo Rat Look

Créditos: www.shannons.com

Estilo que vem tomando destaque no Brasil. Com isso, cada vez mais, carros no estilo enferrujado são visualizados pelas ruas brasileiras.

Primeiramente, o estilo tem uma história muito interessante. Na década de 40 e início dos anos 50, soldados americanos  retornavam da guerra com vasto conhecimento de mecânica e pouco dinheiro.

Com isso, eles focavam na performance dos motores, deixando de lado os aspectos estéticos. Assim, a carroceria ficava com aspecto de desgastada.

Logo, aqui no Brasil tem-se observado alguns veículos neste estilo. O mais comum de ser encontrado é em Fuscas, Vans e Motorhome.

Gosto é gosto! A personalização é algo muito íntimo do proprietário! Importante conhecer e respeitar cada características e admirar os veículos que temos a oportunidade de ver ao longo do dia.

Customizar um carro pode até não agradar alguns, mas sempre desperta atenção nas ruas, independente do estilo adotado.

Fonte: Tuning Parts

Fras-le

Tribuna PR

Portal Auto

Compartilhe este post:

Este blog utiliza cookies para garantir uma melhor experiência. Se você continuar assumiremos que você está satisfeito com ele.