Laudo Cautelar – Fundamental na compra de um carro seminovo/usado.

Será que você realmente sabe o que é Laudo Cautelar? Diferentemente do Laudo de Vistoria feito pelos DETRANs, o Laudo Cautelar não é obrigatório pela lei, mas tem papel importante para os compradores e até para quem já é proprietário de um veículo.

Ultimamente, o serviço tem sido muito procurado a fim de evitar dissabores no momento da compra de um usado.

Em alguns estados do Brasil, este laudo já é bastante popular. Contudo, em algumas regiões o serviço ainda é desconhecido ou faltam empresas especializadas.

Mas afinal, o que tem no Laudo Cautelar?

O laudo cautelar é a análise feita por um vistoriador de empresa particular em que é relatado todo o histórico do veículo.

Nele é possível detectar fatos importantes que aconteceram na vida “pregressa” do carro. Além disso, o vistoriador fotografa toda a estrutura do veículo em busca de peças repintadas ou trocadas. 

O profissional consegue detectar até pequenos reparos como troca de alguma lanterna ou uma simples pintura de parachoque.

O nível de detalhes desses laudos é impressionante, chegando até a definir a quantidade de tinta em cada painel da carroceria e se os airbags já foram acionados alguma vez.

Carro de procedência?

O laudo cautelar é o melhor instrumento para definir a real procedência de um veículo.

Quem pretende comprar algum carro usado, é uma excelente opção realizar o laudo cautelar para ter noção da real situação do veículo.

Lembrando que o laudo é oferecido por empresas especializadas e tem um custo relativamente barato para o nível de detalhes apresentados.

Restrições judiciais e passagem por leilão?

As empresas especializadas conseguem acessar bancos de dados especiais em que é possível saber se o veículo teve restrições administrativas, passagens por leilão, motivo da passagem, motivo da restrição administrativa e se teve indenização por perda total.

Se o veículo tem algum débito, se realizou algum recall até se teve alguma queixa de furto ou roubo.

Quilometragem real.

Todas as vezes que um veículo passar por uma vistoria, os dados da quilometragem são registrados. Assim, o laudo cautelar aponta estes registros, diminuindo as chances de ser enganado com adulterações em quantidade de quilômetros já percorridos pelo carro.

Quem paga o laudo cautelar? 

Não existe uma regra sobre isso, mas, normalmente, o comprador é quem faz o pagamento do laudo cautelar. Porém, se o veículo for reprovado, normalmente o custo fica com o vendedor.

Idoneidade das empresas que emitem Laudo Cautelar

Cabe destacar que, mesmo que o vendedor apresente o laudo cautelar pronto para você, é preciso alguns cuidados.

Primeiramente, é importante que você verifique a data do laudo.

Outro ponto super importante é pesquisar a empresa que emitiu o laudo, se tem muitas reclamações, se é uma empresa séria no mercado. 

Tudo que envolve o Laudo é de extrema importância na hora da compra de um carro novo.

Laudo Cautelar X Laudo de Vistoria do DETRAN

Muita gente confunde os dois laudos e pensa se tem que fazer a vistoria no DETRAN, porque realizar o laudo cautelar?

A vistoria no DETRAN está mais ligada ao processo de compra e venda do veículo, ao processo de transferência. O DETRAN busca validar legalmente um processo de compra e venda de veículos.

Já o objetivo do laudo cautelar é dar base para o cliente sobre as reais condições do veículo. 

Se o carro teve um bom resultado no laudo cautelar, você não terá problemas ao realizar a vistoria no DETRAN.

Negociar com Lojistas x Particular

O Código de Defesa do Consumidor, protege as negociações efetuadas entre pessoa jurídica e pessoa física. Assim, a legislação determina que as lojas devem informar sobre a real situação do veículo.

Com isso, o comprador pode requisitar ao lojista a expedição do Laudo Cautelar para confirmar as reais condições do veículo.

Tempo de Expedição do Laudo Cautelar

Os relatórios geralmente ficam prontos rapidamente e podem levar de 30 a 60 minutos. Os resultados vão para um banco de dados e podem ser impressos gratuitamente.

Laudo Cautelar é bom para o vendedor e para o comprador

O Laudo Cautelar é essencial para evitar que novos compradores de carros sejam enganados. O processo é fotografado para verificar a estrutura, ou seja, se o carro foi batido, roubado, teve peças substituídas ou até passou por enchente.

Então é uma proteção para os novos compradores, e também para quem está vendendo. Afinal, quem compra pode atestar como obtém o veículo. Quem vende evita problemas futuros e ainda pode precificar melhor o seu bem.

Portanto, sem o Laudo Cautelar, ambas as partes ficam mais vulneráveis ​​após a transferência do veículo.

Compartilhe este post:

Este blog utiliza cookies para garantir uma melhor experiência. Se você continuar assumiremos que você está satisfeito com ele.