Sinais claros que indicam a hora certa de trocar os pneus

Você consegue reconhecer a hora certa de realizar a compra de novos pneus para seu carro?

Hoje, nós do Blog Acelerauto.com vamos nos mostrar com entender alguns sinais que indicam a hora correta de realizar a troca.

A princípio, o que deve-se destacar é que se existe um desgaste irregular em um pneu ou em todos, o problema deve ser resolvido primeiramente e, logo depois, deve ser efetuado a troca do pneu.

Data de validade x  Tempo de Garantia

Primordialmente, uma dica super importante e que muita gente fica na dúvida, é sobre a data de validade dos pneus.

Muitos veículos rodam pouco e o desgaste dos pneus é mais lento. Entretanto, nestes casos, surge a dúvida de quando efetuar a troca.

Ou seja, surgem os questionamentos sobre o prazo de validade dos pneus e que muitas vezes é confundido com o período de garantia do fabricante.

Pois bem, geralmente, os fabricantes dão garantia de 5 anos contra defeito de fabricação. Mas, isso não determina que o pneu deve ser trocado nesta data. Este é um referencial que marca o início do período em que o pneu começa a perder as suas características.

Afinal, os pneus duram em média até 10 anos quando são utilizados de maneira moderada. 

Após esta data eles, em hipótese alguma, devem ser utilizados.

Agora você precisa saber quando o pneu foi fabricado e, isso, pode ser visto facilmente em seu pneu. Procure nele o código DOT,  assim que encontrar, observará que existe um sequencial em que os 04 último números indicam a data de fabricação, vamos ao exemplo.

Se você encontrar a palavra DOT e uma sequência de 11 dígitos sendo que os últimos quatro seja 0520, dessa forma, isto quer dizer que o pneu foi fabricado na semana 05 do ano de 2020. Viu como é fácil?

Envelhecimento 

Por certo, o pneu também pode apresentar envelhecimento precoce devido ao uso em condições climáticas extremas.

Portanto, não importa se é motorista profissional ou usa apenas o carro para passeios aos finais de semana, o cuidado com os pneus deve ser primordial na vida de quem dirige.

Ter problemas com pneus é sinônimo de colocar em risco o motorista, passageiros e pedestres.

Por isso, entender um pouco sobre o estado do pneu é algo básico e deve ser levado com seriedade.

Fonte de Informação

O que pouca gente sabe é que o próprio pneu fornece informações importantes para saber quando trocá-lo. Assim, é importante destacar a importância de entender o que o pneu indica.

No entanto, temos, basicamente, 02 (duas) situações em que devemos realizar a troca sendo elas por desgaste ou pela validade.

Em ambos os casos, vamos explicar como saber exatamente o momento certo de efetuar a troca.

Desgaste

A situação mais comum é a troca devido ao desgaste do pneu. Para isso, você deve monitorar duas situações. A quilometragem rodada com o pneu e a altura dos sulcos do pneu.

Como já citado anteriormente, no próprio pneu existem informações relevantes para definição do momento correto da troca.

No caso do desgaste, você deve procurar um ressalto no pneu chamado TWI (Tread Wear Indicator), ou seja, é um indicador que demonstra que o pneu já atingiu altura suficiente para ser trocado.

Desse modo, é muito fácil localizá-lo. Entre os sulcos do pneu, existem ressaltos que, quando alcançados pelo restante dos sulcos, indicam o momento correto da troca.

Abaixo segue ilustração demonstrando o TWI em um pneu

Desgaste Irregular

O desgaste irregular dos pneus, normalmente, indica algum problema em outro componente, como suspensão, incorreta calibragem, falta de alinhamento dentre outros. 

alta de uso que resulta em um ressecamento do material.

Nestes casos, pode aparecer deformações e rachaduras, tudo isso deve ser observado pelo motorista e providenciado a troca o mais breve possível.

Quantos pneus trocar?

O ideal é que sejam substituídos os 4 pneus no mesmo momento. Contudo, caso não seja possível, você deverá priorizar a colocação dos pneus novos na parte traseira do carro.

Assim, evitará que o carro tenha problemas com frenagens e a conhecida “saída de traseira” em curvas.

Conclusão:

Portanto, é muito fácil detectar o momento correto da troca dos pneus. Agora você pode realizar o monitoramento para que troque no momento correto.

Não esqueça de sempre olhar o TWI do pneu e a data de fabricação.

Compartilhe este post:

Este blog utiliza cookies para garantir uma melhor experiência. Se você continuar assumiremos que você está satisfeito com ele.